X

Em 26 de março de 2013, Chris Brown anunciou o lançamento de ‘X’, em várias entrevistas e sessões de audição, lançando a música “Fine China” como primeiro single. Em uma entrevista ao Ebony, ele falou sobre levar sua música em uma direção diferente e mudar seu som de pop e sexualmente explícito para um tema mais maduro, comovente e vulnerável para o álbum.

Então, o sexto álbum de estúdio de Chris Brown, X , foi lançado em 16 de setembro de 2014. Comercialmente, o álbum estreou em segundo lugar na Billboard 200 nos EUA, vendendo 146 mil cópias na primeira semana. Em 2021, o álbum ganhou mais um certificado de platina, assim se tornando Multi-Platinum por vender mais de 2 milhões de cópias. 

X foi precedido por cinco singles: “Fine China”, “Don’t Think They Know”, “Love More”, “Loyal” e “New Flame”. O álbum recebeu críticas geralmente positivas dos críticos. No Grammy Awards de 2015 , o álbum foi indicado para Melhor Álbum Urbano Contemporâneo , enquanto “New Flame” foi indicado para Melhor Performance de R&B e Melhor Canção de R&B. 

Assim como o álbum FAME, muitos fãs alegam que esse é seu melhor álbum! Até o final de 2015, o álbum vendeu 404.000 cópias nos Estados Unidos. Foi certificado como platina pela Recording Industry Association of America (RIAA).

Gravação:

Depois de concluir sua turnê Carpe Diem Tour em 2012, o próximo álbum de estúdio de Brown começou a se desenvolver. No dia 15 de fevereiro de 2013, Chris lançou oficialmente a música “Home”, com um videoclipe oficial, onde expressa uma reflexão sobre o preço amargo da fama, e sobre como o único momento de trégua desse pensamento é quando regressa ao bairro onde cresceu com pessoas que o conheciam desde o início. Em 26 de março de 2013, Brown anunciou o lançamento de ‘X’, em várias entrevistas e sessões de audição, lançando a música “Fine China” como primeiro single do álbum.

Chris Brown explicou o significado do título durante entrevista Rolling Stone:

X é o numeral romano para 10. Eu nasci em 5/5/89; 5+5 é 10, e este é meu décimo ano desde que decidi entrar pra música e X é a 24º letra do alfabeto, e essa será minha idade no lançamento do álbum.”

Durante a mesma entrevista para a Rolling Stone, ele explicou a ideia do disco:

Eu tentei ficar longe das batidas “Europop”, e não ir totalmente ao pop. Em vez disso, eu queria ter uma abordagem Quincy Jones. O álbum é uma homenagem às maravilhas de Stevie Wonder, Michael Jackson e Sam Cooke. Eu queria colocar essa essência clássica do R&B e soul com a nova era da música agora. Há uma grande quantidade de instrumentos ao vivo, e muito menos auto-tune. Eu realmente queria demonstrar minha capacidade vocal, criando o clima de mim cantando junto com a banda.”

Faixas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continuar lendo

Chris Brown recebe 3 indicações ao BET Awards 2024

O BET Awards, premiação norte-americana voltada para personalidades negras para homenagear a excelência negra em música, televisão, cinema e esportes, divulgou seus indicados para a edição